Prazer, eu sou o cabelo real da Janaina – Parte 2

30 01 2014

Pois bem.

E eu continuo aqui, com cabelo crespo e curto, observando as mudanças no meu dia a dia e na forma como as pessoas me percebem agora – e sobre isso que eu quero falar nessa segunda parte do texto, depois de falar das questões mais técnicas, mais objetivas na primeira. O que não muda, de qualquer forma, é que eu continuo AMANDO ter cortado o cabelo e tê-lo assumido crespo. 🙂

Mas, como eu tinha adiantado naquele post, uma das coisas mais interessantes é a reação das pessoas ao meu visual novo. Muita, muita, muita gente mesmo achou lindo e veio me dizer que foi uma decisão excelente, que até combinou mais comigo, que me deixou mais jovem, mais alegre, destacou meu rosto, etc. Algumas dessas pessoas já me sugeriam usar o cabelo natural há muito tempo, mas né, como eu disse, antes o “contexto” não me era favorável. Continue lendo »





Prazer, eu sou o cabelo real da Janaina – Parte 1

20 01 2014

Eis que, quase quatro meses depois de passar a frequentar a reunião dos Alisados Anônimos (sugiro ler esse texto até antes do que vem abaixo, ele é importante para o entendimento do processo todo), o meu cabelo foi bem sucedido e se livrou totalmente do alisante. Agora desfila por aí lindo, leve, solto, crespo e curto.

Oi. Eu sou a Janaina, 100% natural (nem maquiagem tem aí).

Oi. Eu sou a Janaina, 100% natural (nem maquiagem tem aí).

Continue lendo »





A reunião dos Alisados Anônimos

26 09 2013

placa_AlisAnO barulho das cadeiras se arrastando na sala para e o anfitrião começa:

– Boa noite a todos. Para quem está aqui hoje pela primeira vez, somos um grupo de cabelos que quer deixar o vício em alisantes e tratamentos afins. Nós trocamos experiências para nos fortalecer e nos ajudarmos uns aos outros. Sejam todos bem vindos a nossa reunião.

Murmúrios respondendo ao “boa noite” do anfitrião são ouvidos pela sala e ele retoma a palavra, apontando para um novato sentado na cadeira oposta à sua na formação em círculo:

– Vejo que você está vindo pela primeira vez – gostaria de se apresentar ao grupo?

O novato se ajeita na ponta da cadeira, meio sem jeito, e começa a falar: Continue lendo »








%d blogueiros gostam disto: