Pedal na Bahia: uma cicloviagem de 12 dias

16 01 2017

Confira todas as partes:

Viajar de bike é sempre uma festa: as pessoas acenam, te param, perguntam, elogiam, falam “nó!”, “uau!”, “vocês são doidos” toda hora, quem também é ciclista se reconhece e vem trocar ideia, e a curiosidade sobre a bicicleta forma laços momentâneos que tornam tudo muito leve. Sempre fico com a impressão de que plantamos ali uma semente que pode germinar num novo ciclista.

Assim, minha virada de 2016 pra 2017 foi ocupada por uma cicloviagem pelo litoral baiano entre 26/12 e 07/01 que serviu pra passear, exercitar, conhecer as praias por um ponto de vista totalmente novo e, lógico, espantar todas as más energias que aquele ano deixou. Vá de retro! Continue lendo »





Pedal na Bahia: Ilhéus a Itacaré

16 01 2017

Confira todas as partes:

Trajeto e altimetria - via Strava

Trajeto e altimetria – via Strava

Depois de 18 horas de ônibus desembarcamos em Ilhéus, de onde parte a cicloviagem. Como a ideia é só pernoitar lá (na versão dessa viagem com deslocamento de carro, ele fica guardado na cidade e depois pega-se um ônibus de volta para buscá-lo), não fizemos muita coisa, só queríamos mesmo tomar um banho e esticar o corpo, já que chegamos no meio da tarde e o calor estava infernal no trajeto da rodoviária ao hotel. Continue lendo »





Pedal na Bahia: Itacaré a Barra Grande

16 01 2017

Confira todas as partes:

Mapa e altimetria - via Strava

Mapa e altimetria – via Strava

Partindo pela península de Maraú, cerca de 50 quilômetros de um caminho muito tranquilo e com altimetria zero (sério, pode olhar no mapa) separam Itacaré de Barra Grande. O trecho final, cerca de 20 quilômetros, é de estrada de terra e areia fofa, mas quando passamos estava firme, totalmente “pedalável”. A parte de praia é toda muito bonita e toda hora dá aquela vontade de encostar a bike na sombra de um coqueiro e entrar no mar. O dia estava ensolarado e perfeito pra isso, mas os horários da maré não permitiam gracinhas.

Tem travessia de rio carregando a bike? Tem sim sinhô! (Mas são todos rasinhos na maré baixa, preocupa não)

Tem travessia de rio carregando a bike? Tem sim sinhô!
(Mas são todos rasinhos na maré baixa, preocupa não)

Continue lendo »








%d blogueiros gostam disto: