Um dia

21 11 2017

[Texto original do Alex Castro, que eu pedi licença para reproduzir – mais textos dele aqui]

CarpeDiem 1

Um dia, você morrerá.

Um dia, você terá morrido ontem. Seu corpo ainda vai estar (provavelmente) inteiro e sólido. As pessoas que te amam ainda vão estar chorando. E, por toda volta, a vida vai continuar igual, em tecnicolor e dolby surround, pessoas compondo músicas, pessoas gozando, pessoas nascendo. Continue lendo »

Anúncios







%d blogueiros gostam disto: