Não seja o mais f*dido e nem o mais foda

20 12 2013
Quem dera fosse Banco Imobiliário... quem dera!

Quem dera fosse Banco Imobiliário… quem dera!

As pessoas jogam jogos. O tempo todo. E eu não estou falando do War, Perfil, Banco Imobiliário, Imagem & Ação ou Jogo da Vida, mas sim desses joguinhos chatos que nos fazem perder a fé uns nos outros, ter preguiça de dar chance a alguém novo ou preferir fingir que o celular tocou a continuar aquela conversa.

Mas tem um desses jogos que, na minha opinião, é um dos mais chatos e mais jogados por aí: o Jogo do Mais F*dido.

Funciona assim: você conta para a pessoa que teve um dia ruim no trabalho, ou que roubaram seu carro, ou que alguém sacaneou contigo e o seu ouvinte, ao invés de simplesmente te ouvir e te consolar, vai e manda “é? Pois você tinha que ver o que me aconteceu hoje – foi mil vezes pior”. Pois isso é o jogo do mais f*dido – você apresenta um pepino e a outra pessoa te devolve um maior.

Quando alguém divide um problema, a pessoa não quer ouvir que você tem “um problema mil vezes pior” – ela quer simplesmente alguém para ouvir, dar um ombro, consolar. É claro que a vontade de ser o centro das atenções e mostrar que você é ainda mais f*dido é grande, mas é preciso se segurar; ganha consolo primeiro quem reclamou primeiro.

Nesse jogo, a ideia é usar toda a sua habilidade para neutralizar o outro - sabe tênis e afins? Bem isso.

Nesse jogo, a ideia é usar toda a sua habilidade para neutralizar o outro – sabe tênis e afins? Bem isso.

Você pode até argumentar que na verdade a outra pessoa queria simplesmente mostrar que quem reclamou não está sozinho, que outras pessoas também passam por aquilo, dar um exemplo de gente que superou a situação, etc. – sim, pode ser, e é muito válido, mas há uma diferença entre uma coisa e outra. No Jogo do Mais F*dido, a pessoa mal espera a outra desabafar e já manda um problema maior – e, normalmente, dela mesma.

É importante lembrar disso: quando alguém tem um problema, o que ela mais precisa, antes de qualquer coisa, é um ombro amigo para desabafar e colocar os pensamentos em ordem, porque o seu problema sempre parece maior do que qualquer outro quando ele te aperta. É assim com todo mundo. Então, quem estiver por perto nessa hora tem que ter é empatia, e não ser adepto do Jogo do Mais F*dido.

Outra versão

Tem uma outra versão desse jogo que é igualmente chata e irritante: é o Jogo do Mais Foda. Todo mundo conhece alguém que joga isso, porque, para essas pessoas, é um orgulho ser o mais foda e esfregar isso na cara de todo mundo. Eu, cá comigo, chego a achar esse jogo ainda PIOR que o Jogo do Mais F*dido.

O modus operandi é mais ou menos o mesmo: a pessoa chega toda feliz querendo dividir uma alegria, uma vitória, algo importante para ela – e o que acontece? Ao invés da outra pessoa simplesmente dizer “uau, que bom! Que bacana, meus parabéns!” ela vem com algo ainda mais foda para embaçar a sua felicidade.

Para esse tipo de jogador, não interessa nada a não ser derrubar a alegria alheia, não importa a que custo.

Para esse tipo de jogador, não interessa nada a não ser derrubar a alegria alheia, não importa a que custo.

Ao ouvir “estou muito feliz, meu filho passou no vestibular da PUC!” responda simplesmente (ainda que a sua vontade de dividir algo parecido naquela hora seja grande) “Que ótimo! Parabéns!” e não, nunca, JAMAIS “Ah, legal… mas a minha filha passou em seis vestibulares federais e adivinhou até o que ia cair na redação, acredita? Ela é foda!” (mas esse pai/mãe é um babaca sem educação).

Sério: não há nada mais escroto do que minimizar a alegria, a felicidade, a vitória de alguém querendo impor a sua versão do que é mais foda (e olha que às vezes a sua nem verdadeira é). Vamos combinar: um momento de alegria é precioso demais para quem o sente para ser estragado assim.

Treine muito para não ser jogador de nenhum desses jogos. Ninguém quer ter por perto gente que não consegue deixar mais ninguém receber atenção além dela própria.

Anúncios

Ações

Information

One response

7 05 2014
icaro

marabens se tivese emotions aqui eu estaria batendo palmas!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: