BH construída do lado errado da Serra?

3 11 2009

Oh! Como assim?

Como pode ser isso? Existe um depoimento bombástico do tataraneto do antigo dono da fazenda que existia no lugar onde hoje está BH. Ele afirma ter encontrado documentos que provam que seu tataravô foi enganado pela Comissão Construtora da nova capital. Será uma revolução!

Será possível? Sim! Há vídeos com depoimentos de especialistas comprovando que a capital mineira foi erroneamente planejada aqui deste lado da Serra.

Clique na imagem abaixo para ver esta impressionante descoberta!

Causo Mineiro: BH é aqui?

Causo Mineiro: BH é aqui?

Você acreditou? É claro que não, né!

Pronto, confesso: tudo isso de Belo Horizonte ter sido construída ao lado errado da Serra do Curral não passou de um trabalho para a disciplina Roteiro para Hipermídias, do professor Richardson Pontone, na minha pós-graduação em Produção em Mídias Digitais na PUC.

E sabe o mais interessante? Teve gente – aliás, muita gente – que acessou o site e consumiu todo o material que nosso grupo disponibilizou. Por sorte, não aconteceu como a história de que a Xuxa processaria o Twitter… apesar disso ter sido uma possível consequência muito mais engraçada.

Em um primeiro momento, olhamos aquela tarefa e pensamos “e agora, o que fazer? Que trabalhão! Fazer roteiros, editar vídeos… affe!” mas, pouco tempo depois, já tínhamos decidido fazer um factóide, uma notícia falsa, sobre essa possibilidade.

Decidido o tema, fomos atrás de operacionalizar (essa palavra existe?) a coisa: primeiro, pensamos em trazer especialistas de verdade para vender nosso peixe e contar a história, mas pensamos melhor e percebemos que seria difícil convencer um engenheiro ou um historiador de verdade a contar uma mentira (por mais que ela fosse acadêmica) e, além disso, haveria o risco de problemas com os respectivos conselhos e sindicatos.

Assim, chegamos a parte mais divertida: decidimos que nós mesmos interpretaríamos estes profissionais. Tínhamos duas atrizes profissionais no grupo, um amigo de uma das integrantes disposto a gravar e eu, que realizei um sonho secreto de adolescência bancando a atriz por um dia. =P

O objetivo deste trabalho era praticar a construção de roteiros e o manejo com ferramentas de edição de vídeos online e gratuitas, como o JayCut (interessante, mas pobre, com poucos recursos) e, depois, jogar o projeto na rede e ver o que acontecia. Preferimos fazer tudo à moda antiga mesmo, via Word e Windows Movie Maker – e deu certo! O resultado ficou bem bacana e então começamos a twittar a coisa, o que nos rendeu 400 acessos em 15 dias, sendo que só no primeiro dia de divulgação foram 205 acessos.

Bom, para terminar com bom-humor, veja abaixo o que a historiadora Marília Michelletti (dou um doce a quem adivinhar quem ela é) diz sobre essa história toda:

Porque criar uma nova capital?

Onde mais BH poderia ter sido feita?

Anúncios

Ações

Information

2 responses

24 11 2011
Érico San Juan

Muito engraçado! Adorei os óculos modelo intelectual-descolada. E a dicção monocórdia ao estilo acadêmico-televisivo… =)

5 11 2009
Raquel Camargo

Valeu queridona

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: